quinta-feira, 28 de junho de 2007

Uma música que vem tocando meu coração, bastou ouvir uma vez...

Sonhando o Futuro
Vanessa Rangel
Composição: Cláudio Venturini e Lô Borges
Eu vim pelo som, ou vim pelo ar
E mergulhei até encontrar você
Sonhando o futuro
Eu vim pra te ver, pra te acompanhar
Mudar a direção do nosso amor
E acender tudo
Podemos misturar sons, fazendo as canções
Eu nunca imaginei a gente assim, tanto amor
Amor para sempre, amar é o que vale
Só não quero mais duvidar de nós
Nem viver só
Você tem o dom de me transportar
Me leva pra bem longe, amor
Me faz qualquer absurdo
Da vida real nem quero saber mais
Eu mergulhei no fundo com você
Dei voltas no mundo
Agora vamos nós dois
Ou multiplicar três
Eu nunca imaginei a gente assim, tanto amor
Amor para sempre, amar é o que vale
Só não podemos duvidar de nós
Nem vivermos sós
A nossa estrela vai brilhar
Na correnteza te encontrar
E navegar na imensidão
Me leva pra onde você for
Faça de mim um sonhador
E estaremos sempre juntos
No som, minha estrela guia
No céu, nosso dia-a-dia
O amor acendendo tudo
Canção pra trazer você pra perto de mim

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Momentos

Alguns momentos da nossa vida são intensos, as vezes por doerem, outras por serem infinitamente bons.
Pensei durante alguns dias em como estou construindo a minha história, se estou feliz, ou mesmo sendo justa com as pessoas que me cercam...trabalho demais, durmo pouco, exijo perfeição nas minhas ações, e nas alheias.
Passei por momentos nos quais questionei até minha opção de trabalho, pois algumas situações tem me decepcionado e me feito perder o "tesão" de lecionar.
Encarei minha falta de organização para administar meus rendimentos, e venho pagando um certo preço, algo novo para alguém tão controlada neste aspecto...
Mas hoje, neste momento percebi como minhas aflições são pequenas, e como existem pessoas com dificuldades muito maiores que as minhas, hoje ouvi uma história sobre crianças expostas a fome, miséria, dadas como "animais" por uma mãe desesperada, pela fome, por ver seus filhos definharem por falta de alimento...afinal, que poblemas podem ser maiores?
Pessoas agredidas pela ignorância passando na TV, jovens se matando, caos no clima, e a nossa ética humana...Ainda a temos? O que fazemos ? Continuamos a assistir com perplexidade aos fatos, sem levantar nossos corpos e exercer alguma reação que não seja lamentar e posseguir com nosso cotidiano caótico!

terça-feira, 5 de junho de 2007

Existem músicas que dizem tudo, em vários momentos, sem a necessidade de explicações...


Você disse que não sabe se não
Mas também não tem certeza que sim
Quer saber, quando é assim
Deixa vir do coração
Você sabe que eu só penso em você
Você diz que vive pensando em mim
Pode ser, se é assim
Você tem que largar a mão do não
Soltar essa louca, arder de paixão
Não há como doer pra decidir
Só dizer sim ou não
Mas você adora o Se(Chorus)
Eu levo a sério mas você disfarça
Você me diz a beça e eu nessa de horror
E me remete ao frio que vem lá do sul
Insiste em 0 a 0 eu quero 1 a 1
Sei lá o que te dar, não quer meu calor
São Jorge por favor me empresta o dragão
Mais fácil aprender japonês em braile
Do que você decidir se dá ou não

segunda-feira, 4 de junho de 2007

Muitas vezes criamos personagens e depositamos neles nossas esperanças...Muitas vezes somos nós os personagens do imaginário de alguém... e acabamos decepcionando, magoando também! Que mania é essa nossa de florear o que é real, somos humanos, imperfeitos, e belos nas nossas imperfeições.Continuo buscando algo, talvez com menos ardor, intenções necessitam virar ações, é a minha eterna mania de ter algo concreto nas mãos, algo mensurável, que eu possa analisar e dizer...é isto que quero pra mim!!!
Lua