quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

JOAN BAEZ ~ Guantanamera ~

Tiquira

"Estimula o apetite, fecha o corpo e alegra o espírito".
Bebida forte, Maranhense, feita da mandioca é considerada a unica pinga genuinamente brasileira, já que a da cana-de-açúcar foi inventada aqui mas a cana tem origem africana, segundo o senso comum não se deve tomar tiquira e molhar o corpo, principalmente os pés.
É aconselhável tomar só uma dose, acreditem ela realmente derruba...também deve-se avisar aos companheiros de copo que não é bom dar banho em quem abusou da bebida lilás...
E por fim, a ressaca é poderosa no dia seguinte!



sábado, 25 de dezembro de 2010

Universo Poderoso

E na noite de Natal já ia dormir, triste, digerindo acontecimentos, mas o poderoso universo conspira a favor de pessoas legais, uma hora tem que parar de escorrer tudo pelo ralo.
Encontrei anjos sem asas, mas com palavras alegres que me ajudaram muito, o amor se manisfesta de forma tão clara, basta importar-se.
Nesta postagem agradeço a amizade, os abraços fortes, a disposição para ajudar, o papo leve, a presença de algumas pessoas na minha vida. Anos de amizade se justificam nestes momentos, e mesmo nas noites de conversas intermináveis com risadas frenéticas. Beth e Beta, quase uma multidão desorganizada numa dupla...e ganhamos mais um integrante, prevejo mudanças no clube da Luluzinha!!!
Fiquei uns dias meio morna, atordoada, mas como sempre estou de volta.
Obrigado Universo poderoso, respostas surgem quando menos se espera, sentimentos nascem e morrem assim numa fração de segundos, e amizades verdadeiras perduram toda uma existência.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Pessoas raras

Algumas pessoas sei lá por qual motivo já nascem com uma missão, passam toda sua existência semeando, doando um pouco de vida para quem as cercam.
São seres de olhos vibrantes, sorriso largo de uma persistência absurda, capazes de construir abrigos com as pedras que encontram pelo caminho, com personalidade forte e são tão grandes que não se importam em destribuir o que conquistam para quem precisar.
Pessoas assim são queridas pelo modo que são, não necessitam de posses, títulos ou apadrinhamentos. Simplesmente são e pronto.
Talvez esta seja a minha postagem mais carregada de tristeza, não é fácil ver alguém assim partir, ser arrancado da vida sem nenhum aviso, sem opção de despedidas ou declarações.
Aprendi que sofrimento sempre vem acompanhado de ensinamento... Podem existir vários percursos, diferentes justificativas para escolher os caminhos, mas o destino final será o mesmo para todos, a diferença é se chegaremos com bagagem ou vazios.
Voe em paz pessoa rara, vá até o infinito e encontre-se com tantos outros que já partiram antes de ti, leve sua bagagem, deixe aqui o que não precisar mais. Rezaremos por ti.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Filosofando

A vida é muito doida, quando pensamos ter certeza tudo remolda-se e recriam-se cenários inesperados.


Quando duvidamos, questionamos tanto que acabamos conhecendo melhor o que a princípio parecia ser irreal.

Conclusões da noite...

Fatos são meras conclusões baseadas na percepção de cada um,  idéias que nascem e morrem a cada segundo nas mentes humanas sem nenhum pudor.

Verdade é um jeito de garantir a sanidade de quem acredita nela, inventam-se verdades no meio de tantas percepções alteradas.

O que realmente existe são as idéias, as projeções, a realidade não passa de um emaranhado de informações internalizadas, digeridas e transformadas.

Passado é só o que queremos lembrar, presente o que achamos que fazemos, e futuro é um monte de nada transformado em sonho pra ficar menos incerto.

Previsões astrológicas para os arianos em 2011

Fonte: http://entretenimento.br.msn.com/astrologia/artigo.aspx?cp-documentid=26840251&page=2

ÁRIES
"Para as pessoas nascidas no primeiro decanato de Áries (aproximadamente de 21 a 30 de março) 2011 é um ano extremamente especial, poderoso e inusitado. É praticamente impossível planejar as coisas com absoluto controle, pois haverá muito espaço para o novo e para surpresas. Urano entra em Áries, sugerindo grande impulso para realizar mudanças extremamente radicais. Algumas destas mudanças poderão ser bastante assustadoras, mas a palavra-chave aqui é "liberdade". Liberdade em relação a tudo o que estava gasto e superado. Coragem para mudar é a grande prerrogativa dos arianos do primeiro decanato, no ano de 2011, ainda mais se considerarmos que Plutão forma ângulo de quadratura com o Sol de quem nasceu no primeiro decanato deste signo. A soma dos trânsitos de Urano e de Plutão garante um 2011 cheio de mudanças extremamente radicais (algumas até mesmo difíceis) para quem é de Áries do primeiro decanato. Para os arianos em geral, independentemente do decanato, 2011 também é marcado pelo trânsito do planeta Júpiter pelo primeiro signo do Zodíaco, entre os meses de janeiro e maio. O trânsito de Júpiter possibilita a ultrapassagem dos limites apertados, a abertura de portas para novas - e bem-vindas - oportunidades. A antiga vida se revela por demais apertada e estreita, de modo que Júpiter expande as perspectivas, como quem diz "veja, você pode mais!". E, acredite, pode mesmo! Os arianos do segundo decanato (nascidos aproximadamente entre 31 de março e 9 de abril, com variação de um dia de ano para ano), os primeiros nove meses de 2011 são marcados pela necessidade de economizar a própria energia vital. A oposição de Saturno ainda impera, sugerindo a necessidade de realizar maiores esforços, assim como a importância de poupar vitalidade, caso contrário o indivíduo poderá se sentir exaurido, sobrecarregado. De todo modo, Áries é o signo mais afetado por trânsitos ao longo do ano de 2011."

Depois de ler tudo isso fiquei até arrepiada, sem saber já previa um furacão na minha vida, e se depender de mim, voarei até a estrada de tijolos amarelos em busca do meu aco-íris.


Música que diz em canção o que meu coração não sabe dizer...

As Palavras




"As palavras saem quase sem querer,



Rezam por nós dois.


Tome conta do que vai dizer.


Elas estão dentro dos meus olhos


Da minha boca, dos meus ombros


Se quiser ouvir


É fácil perceber






Não me acerte


Não me cerque


Me dê absolvição


Faça luz onde há involução


Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu mal


Reabilite o meu coração






Tentei


Rasguei sua alma e pus no fogo


Não assoprei


Não relutei


Os buracos que eu cavei


Não quis rever


Mas o amargo delas resvalou em mim


Não me deu direito de viver em paz


Estou aqui para te pedir perdão






Não me acerte


Não me cerque


Me dê absolvição


Faça luz onde há involução


Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu mal


Reabilite o meu coração






As palavras fogem


Se você deixar


O impacto é grande demais


Cidades inteiras nascem a partir daí


Violentam, enlouquecem ou me fazem dormir


Adoecem, curam ou me dão limites


Vá com carinho no que vai dizer






Não me acerte


Não me cerque


Me dê absolvição


Faça luz onde há involução


Escolha os versos para ser meu bem e não ser meu mal


Reabilite o meu coração"Vanessa da Mata



Composição: Sereia de Água Doce (Vanessa da Mata)





As palavras não são minhas, os sentimentos são, o encontro das idéias também.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Repassando email engraçado, trágico e cômico...

Pérolas do ENEM

"Chegaram as tão esperadas pérolas anuais!!! DIVIRTAM-SE.

'O sero mano tem uma missão...'
(A minha, por exemplo, é ter que ler isso!)

'O Euninho já provocou secas e enchentes calamitosas. .'
(Levei uns minutos para identificar o El Niño...)

'O problema ainda é maior se tratando da camada Diozanio!'
(Eu não sabia que a camada tinha esse nome bonito)

'A situação tende a piorar: o madereiros da Amazônia destroem a Mata Atlântica da região.'
(E além de tudo, viajam pra caramba, hein?)

Não preserve apenas o meio ambiente e sim todo ele.'
(Faz sentido)

'O grande problema do Rio Amazonas é a pesca dos peixes'
(Achei que fosse a pesca dos pássaros.)

'É um problema de muita gravidez.'
(Com certeza...se seu pai usasse camisinha, não leríamos isso!)

'A AIDS é transmitida pelo mosquito AIDES EGIPSIO.'
(Sem comentário)

'Já está muito de difíciu de achar os pandas na Amazônia'
(Que pena. Também ursos e elefantes sumiram de lá)
'A natureza brasileira tem 500 anos e já esta quase se acabando'
(Foi trazida nas caravelas, certo ?)

'O cerumano no mesmo tempo que constrói, também destroi, pois nos temos que nos unir para realizarmos parcerias juntos.'
(Não conte comigo)

'Na verdade, nem todo desmatamento é tão ruim. Por exemplo, o do Aeds Egipte seria um bom beneficácio para o Brasil'
(Vamos trocar as fumaças pelas moto-serras)

.... menos desmatamentos, mais florestas arborizadas. '
(Concordo! De florestas não arborizadas, basta o Saara!)

'Isso tudo é devido ao raios ultra-violentos que recebemos todo dia.'
(Meu Deus..... Haja pára-raio!)

'Tudo isso colaborou com a estinção do micro-leão dourado.'
(Quem teria sido o fabricante? Compaq ? Apple? IBM?)

'Imaginem a bandeira do Brasil. O azul representa o céu , o verde representa as matas, e o amarelo o ouro. O ouro já foi roubado e as matas estão quase se indo. No dia em que roubarem nosso céu, ficaremos sem bandeira..'
(Caraca! Ainda bem que temos aquela faixinha onde está escrito 'Ordem e Progresso'..)

'.... são formados pelas bacias esferográficas. '
(Imaginem as bacias da BIC.)

'Eu concordo em gênero e número igual.'
(Eu discordo!)

'Precisa-se começar uma reciclagem mental dos humanos, fazer uma verdadeira lavagem celebral em relação ao desmatamento, poluição e depredação de si próprio...'
(Putz, que droga é essa?)
'O serigueiro tira borracha das árvores, mas não nunca derrubam as seringas.
(Esse deve ter tomado uma na veia)

'Vamos deixar de sermos egoistas e pensarmos um pouco mais em nos mesmos.'
(Que maravilha!)

'As chuvas foram fortes, mas não tivemos danos morais'
(só irracionais, verbais, e outros materiais) "

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Reclamando da Eletropaulo

Sai de casa e deixei tudo funcionando, meu fim de semana estava reservado pra ser uma boa dona de casa, fazer supermercado, lavar roupa, limpar a casa, fazer visitas em chás de panela e de bebê...
Mas cheguei em casa e nada da geladeira funcionar, depois os dois chuveiros, estou até com medo de tentar ligar minha máquina de lavar...
Minha instalação elétrica é boa, não tem gambiarras, tudo distribuido com disjuntores individuais para eletromésticos que consomem muita energia, agora me pergunto...Que mérda aconteceu pra queimar tanta coisa???
Fora o fato de não ter marido para passar o problema, onde vou achar um eletricista nessa época do ano? Meu dia estava tão bom...
No momento o que posso fazer é reclamar, então vou aproveitar todos os canais possíveis, e se alguém souber uma forma de ser ressarcida, ou conhecer um eletricista disponível me avise, aceito ajuda.
Pagamos caro pelo serviço de distribuição elétrica, e se não pagarmos eles cortam o fornecimento, lembrando que não choveu pra haver uma desculpa, foi simplesmente falta de competência.
Que raiva...

Dicas pra se divertir em Sampa

No Centro Cultural São Paulo:

dia 18/12 - sábado


19h Mariana Aydar
Considerada uma das melhores intérpretes da nova geração, a cantora mostra repertório do disco Peixes Pássaros Pessoas.


Entrada franca (retirada de ingressos: a partir do dia 14/12, das 14h às 20h) - Sala Adoniran Barbosa (631 lugares)



dia 19/12 - domingo
18h Mallu Magalhães
Com influências de Bob Dylan e Johnny Cash a jovem cantora e compositora mostra canções de seus dois álbuns.



Entrada franca (retirada de ingressos: a partir do dia 14/12, das 14h às 20h) - Sala Adoniran Barbosa (631 lugares)


Endereço:
Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso
Acesso pela estação Vergueiro do Metrô-Linha Azul

Poesia cantada

Adoro música e isso não é segredo pra quem me conheçe pelo menos um pouquinho, recentemente comprei o novo cd da Vanessa da Mata, "Bicicletas, Bolos e outras alegrias", ele está maravilhoso, cheio de canções bem elaboradas, algumas divertidas e outras com aquele toque de sensibilidade que contam histórias de tantos corações, sejam eles partidos ou cheios de sentir.

Vanessa da Mata: webclipe "As Palavras"

Vanessa da Mata: webclipe "Vá"

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

...é SÓ medo, solidão assistida.

Imagens dançam e nada se vê.
E querer assusta tanto, ventania.
Medo cego de quem não sabe, não entende.
Olhos que me fitam e desconcertam...
Olhos meus que não vêem, trancam-se abertos.
Por não saber quem sou, desconfio.
Por imaginar quem és, protejo-te de mim.
Seriam meras palavras se estas não fossem tão poderosas.
Começo e fim, numa dança sem música.
E tola tenho medo do amor,
e prudente tenho medo de amar.
Acuada corro pelas ruas, escondida na multidão.
Apresso o passo, veloz, sem rumo.
Fujo, vou  ao encontro do que me prende,
pensamento que consome.
Folha seca caída na areia pisoteada,
esquecida pelo orvalho, arde em brasa,
aguarda a probabilidade de ser pó.
Busco o sofrer, auto flagelo para não ser.
Começo e fim numa dança sem ritmo.
Dolorida tenho medo de sonhar,
desconfiada acordo sem dormir.
Idéias  encontram-se, corpos afastam-se,
fala e silêncio, diálogo mudo...
Grito mudo, mudo, mudo, mudo.

Tom Zé e Jarbas Mariz cantam Augusta, Angelica e Consolaçao

sábado, 11 de dezembro de 2010

Maria Rita - Conta Outra

Natal

Sei que Papai Noel não existe de verdade, é só um sentimento, uma vontade de acreditar, um faz de conta gostoso que criança aprecia e adulto esquece.
Todo vermelho e dourado espalhado nas vitrines, os chamados de compre, compre...mas vejo cores e uma fantasia tão doce, com gosto de panetonne. Adoro Natal, nem ligo para um monte de gente chata que só sabe criticar e não se encanta com nada, reclama do consumismo, mas consome idéias, reclama da proximidade das pessoas se confreternizando nesta época do ano, mas prefiro assim, é melhor ter um período de trégua das batalhas do cotidiano. As ceias na minha família nunca foram glamurosas, eram bem simples, panetonne, frutas, uma carne assada, comida caseira e um espumante que era dividido entre meus pais enquanto eles podiam beber, e era só nesse dia que bebiam, então minha mãe ficava com riso solto e sonolenta e meu pai deixava de ser bravo pra ficar engraçado. Essa era a melhor parte da festa, todos meio crianças, diferentes.
Nunca ganhei brinquedos caros, éramos uma família de quatro pessoas dividindo a mesa e a alegria, por isto Natal sempre foi época de rir, de comer bem, e de ficar acordada até bem tarde.
Assim que cresci um pouco, comecei a fazer a ceia, tinha uns treze anos quando me arrisquei pela primeira vez, e de lá pra cá virou tradição, vou sempre pra cozinha, trabalho duro no fogão, invento receitas, faço enfeites e me reúno com quem me ama, pois sabem o quanto me alegra celebrar este ritual familiar.
Minha filha deixou de acreditar no Papai Noel cedo, deve ser culpa minha, ele nunca trazia os presentes certos e sou péssima na arte de disfarçar.
Se fosse pra pedir algo, queria ter minha família reunida novamente, ver minha filha sorrindo, abrir minhas portas para amigos e vizinhos que queiram entrar e dormir de barriga cheia.
Quando paro pra pensar no que realmente importa, percebo que já tenho a maioria das coisas necessárias pra ser feliz, só me esqueço disso quando invento fantasias pra brincar de palhaça e ser enganada pelos outros.
Mas no Natal nada disso importa, tenho ótimas lembranças e vou construir muitos cenários pra essa celebração familiar de amor.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Exposição Água na OCA - Parque Ibirapuera

    O Parque Ibirapuera está cheio de opções de diversão, fora a beleza do lugar que reúne acessibilidade com tranquilidade estão abertas exposições ótimas, o MAM é gratuito e sempre tem novidades, a árvore de Natal  linda com toda nostalgia da época, perfeito para apreciar ao entardecer.
    Está aberta a Exposição Água na OCA, maravilhosa, cheia de obras interativas e com um visual de lavar a alma. Tive a felicidade de visitá-la no domingo dia 28 e não pagar nada, todo último domingo do mês a entrada é gratuita.
    Diversão para qualquer idade! A exposição estará em cartaz até 8 de maio, então é só se programar e aproveitar.
Algumas fotos da visita:
Boa diversão!